Instagram Facebook Twitter Youtube e-SIC: Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão



Cabo é a melhor cidade de Pernambuco para se investir no comércio
access_time 22/02/2021


A edição da Urban Systems 2020, empresa referência em inteligência de mercado e consultoria de negócios em todo Brasil, revelou que a cidade do Cabo de Santo Agostinho foi eleita a melhor de Pernambuco para investir no setor comercial.

A pesquisa intitulada “Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0”, avalia as cidades brasileiras mais atrativas para o desenvolvimento de negócios e classifica em ranking as 100 melhores em diversos setores econômicos. Na parte de comércio, o Cabo aparece como a quarta melhor cidade do Nordeste.

Para o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Eduardo Cajueiro, a pesquisa é um importante parâmetro para uma análise mais consistente e dinâmica do mercado. “Nossos empreendedores do comércio conseguiram se superar apesar da crise econômica advinda com a pandemia da COVID-19. Isso deixa claro que, com incentivo e políticas voltadas para o fortalecimento da economia, podemos elevar o patamar de outros setores como indústria, turismo e agricultura", declarou o secretário.

Vale destacar que, assim como no setor comercial, o Cabo de Santo Agostinho apresenta importante desempenho em mais três indicadores de diferentes segmentos da economia apontados na pesquisa: terceiro melhor avaliado de Pernambuco em Indústria, o quarto do estado em Educação, além de ocupar a 87° colocação nacional no setor Imobiliário/Construção Civil.

O prefeito Keko do Armazém, ressaltou a relevância do estudo para ampliar os investimentos na cidade. “ Nosso foco é aproximar os investidores do setor público para que o município seja destaque em desenvolvimento econômico e social”, concluiu.

A edição da ‘Melhores Cidades para Fazer Negócios’ é publicada anualmente pela Urban System, desde 2014, e contempla uma análise segmentada em seis categorias: Comércio, Indústria, Educação, Serviços, Imobiliário/Construção Civil e Agropecuária.

PANDEMIA
A Urban Systems analisou diversos indicadores socioeconômicos das cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes, considerando, inclusive, o impacto da pandemia na economia dos municípios.
Durante a pandemia a renda per capita do município do Cabo de Santo Agostinho cresceu 14%, segundo dados do IBGE de junho de 2020, compilados pela. Para se ter uma ideia, no município vizinho de Ipojuca, esse indicador decresceu 2,9% e em Jaboatão se manteve estável.

Esse é um dos indicadores utilizados pela Urban Systems para colocar o Cabo entre as 100 melhores cidades brasileiras, com mais de 100 mil habitantes, em setores econômicos como comércio, educação e imóveis.

O estudo “Melhores Cidades para Fazer Negócios” é uma pesquisa anual realizada desde 2014, que analisa indicadores socioeconômicos para identificar os municípios que oferecem as melhores oportunidades de investimentos.

Por Natália Andrade

Foto: Gilberto Crispim








© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha | Fone: +55 (81) 3521.6645
CNPJ: 11.294.402/0001-62