Instagram Facebook Twitter Youtube e-SIC: Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão



No Cabo, Secretaria de Educação promove debate sobre a campanha “Maio Laranja”
access_time 09/05/2022


Em alusão à Campanha Maio Laranja, a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, por meio da Secretaria de Educação, promoveu, na manhã desta segunda-feira (09), um debate com os alunos dos 6º e 7º anos do ensino fundamental, da Escola Municipal Professor Jason Brandão da Silva, na Cohab. A ação foi realizada em parceria com o Projeto Meninas em Movimento pela Educação, da Fundação Malala.

“As meninas que fazem parte do Projeto 'Meninas em Movimento pela Educação', que estudam em colégios municipais do Cabo, participaram de uma formação sobre o tema e, hoje, estão aqui na Jason Brandão multiplicando o conhecimento, para outras crianças e adolescentes, de como se prevenir e combater o abuso e exploração sexual a esse público,” explicou a coordenadora do Projeto Meninas em Movimento pela Educação, Cássia Jane de Souza.

A atividade realizada, nesta segunda, busca orientar estudantes, com idades entre 11 e 14 anos, a identificar e diferenciar abuso, assédio e exploração sexual e, principalmente, explicar a quem e a qual órgão recorrer, nesses casos. Essas e outras atividades estão sendo organizadas pela Secretaria de Educação, nas escolas municipais do Cabo, visando conscientizar os estudantes, professores e equipe pedagógica sobre a importância de dialogar sobre o tema, combater, proteger e informar, como também instruir de que maneira devem agir, nos casos de violações de direitos contra as crianças e adolescentes.

“Hoje, estamos na Jason Brandão, dando continuidade à campanha educativa de enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Estamos com as meninas do Projeto Meninas em Movimento pela Educação, da Fundação Malala, do Centro das Mulheres do Cabo. Elas estão realizando uma dinâmica, com roda de conversa, dentro da perspectiva da temática do Maio Laranja. Queremos criar uma consciência nas crianças, para que elas consigam identificar o que é um abuso, assédio e exploração, aprendendo a se defender,” enfatizou a coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania, Edileuza Mesquita.

É importante ressaltar que o “Maio Laranja” surgiu após a menina Araceli Cabrera Crespo, à época com 8 anos de idade, ter sido sequestrada, drogada, espancada, estuprada e assassinada, em Vitória (ES), no dia 18 de maio de 1973. De acordo com os dados da cartilha “Abuso Sexual contra crianças e adolescentes: abordagem de casos concretos em uma perspectiva multidisciplinar e interinstitucional”, a violência sexual contra crianças e adolescentes é a quarta maior causa de denúncias no Disque 100. O estudo ainda revela que, no ano de 2021, o Disque-denúncia registrou 100.974 casos, sendo o maior índice ocorrido no mês de maio, com 9.723 relatos em todo o Brasil.

Por Tayná Benigno

Foto: Jakson Costa








© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha | Fone: +55 (81) 3521.6645
CNPJ: 11.294.402/0001-62