Secretaria Especial da Mulher do Cabo apresenta nova estrutura no combate à violência contra a mulher
access_time 23/01/2021


A Secretaria Especial da Mulher do Cabo de Santo Agostinho, apresentou na última sexta-feira (22/01), a nova estruturação e sua equipe, formada por advogada, assistente social, psicóloga, entre outras. O encontro, contou com uma palestra que abordou o tema “Por que precisamos da Secretaria Especial da Mulher?”, com o objetivo de promover a articulação entre diversos atores do poder público para desenvolver, de forma coordenada, ações concretas e efetivas de prevenção e combate à violência contra as mulheres, pela Lei Maria da Penha.

Por conta do novo coronavírus o encontro realizado no auditório do Centro Municipal Administrativo (CAM1), foi transmitido online através da rede social da Secretaria, o que permitiu que a população acompanhasse. Além disso, tivemos a participação da Delegada de Polícia e Deputada Estadual Gleide Ângelo e da Secretária da Mulher de Paulista, Bianca Pinho Alves. O evento, também teve o intuito de combater todas as formas de preconceito e discriminação herdadas de uma sociedade patriarcal e excludente.

“Nossa gestão tem o compromisso de criar estratégias que combatam qualquer tipo de discriminação contra as mulheres. Buscando políticas públicas em todos os setores, que realmente transforme a vida da população cabense”, ressaltou o prefeito do Cabo, Keko do Armazém.

Durante o discurso da secretária Especial da Mulher do Cabo, Walkiria Alves, ela enfatizou que o objetivo principal da secretaria da mulher é a proteção para as mulheres em situação de violência de gênero, doméstica e familiar. “Nós não somos uma política de assistência social. Nós somos uma política de enfrentamento a violência de gênero”, ressaltou.

“Nós não viemos ao mundo para sermos coadjuvantes de filmes de terror. Nós viemos para sermos protagonistas das nossas vidas e histórias. Nós temos o poder de escolhas”, destacou a delegada e Deputada Estadual, Gleide Ângelo.

O município também conta com a Patrulha Marinha da Penha, através da qual, em caso de emergência, a vítima ou alguém que esteja presenciando alguma situação de violência pode solicitar ajuda por meio do 3521-6398 ou 3521-5447, que funciona de segunda à sexta, das 8h às 17h, ou pelo Disque 153 que funciona 24h, durante a semana e fim de semana.

Também temos o Disque 190, da Polícia Militar. Após ser feito o boletim de ocorrência, a vítima pode procurar a unidade do Centro de Referência Maria Purcina, que está funcionando na Rua José Bezerra Filho, nº146, Centro, por trás da Praça da Bíblia, das 8h às 17h, e atende pelo telefone 3518-1937.

As mulheres vítimas de violência passam a ser acompanhadas pelo centro. O órgão presta atendimento psicológico, jurídico e de assistência social e está vinculado à Secretaria da Mulher.

Por Gesla Ferreira







Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
CNPJ: 11.294.402/0001-62
Endereço: Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha
Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, Brasil
Telefone: +55 (81) 3521.6645
 

© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho