Hospital Infantil recebe reforço de oxigênio, vacinação cai para 24+ anos e mutirão reduz fila de espera por consultas
access_time 24/08/2021


A semana é de muito trabalho focado na melhoria do atendimento das unidades de saúde do município. Nesta terça-feira (24) teve início a instalação da nova usina de oxigênio do Hospital Infantil. Nesta quarta (25), os pontos de vacinação contra a covid-19 passam a receber a população com idades de 24 anos ou mais.

Enquanto isso, no Jamaci de Medeiros, equipes de cardiologistas, neurologistas e gastroenterologistas estão em mutirão para reduzir a fila por consultas médicas, represadas desde a gestão passada por causa da pandemia.

Em junho, a Secretaria de Saúde do Cabo de Santo Agostinho iniciou a instalação de novas usinas de oxigênio nos hospitais da cidade. Já tiveram o equipamento renovado o Hospital Jamaci de Medeiros, o Mendo Sampaio e esta semana o trabalho de instalação chegou ao Hospital Infantil. Após essa fase, o novo equipamento será colocado na Maternidade Padre Geraldo, em Pontezinha.

"Todos os hospitais vão aumentar a sua capacidade atual de três metros cúbicos de oxigênio", explica a superintendente de Atenção à Saúde do Cabo, Deysiane Maria da Silva. O Mendo Sampaio passa a ter uma capacidade de produção de 18 m³, enquanto o Jamaci de Medeiros, o Hospital Infantil e a Maternidade passam a ter 9 m³ de capacidade.
Segundo Deysiane, o Mendo Sampaio terá a maior potencial porque é referência no atendimento aos pacientes de covid-19. A unidade hospitalar possui 20 leitos dedicados ao atendimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Enquanto o trabalho de melhoria nos equipamentos das unidades de saúde avançam, dentro dos hospitais a equipe médica se desdobra para ampliar o atendimento à população.
Na Policlínica Jamaci de Medeiro o mutirão Zera Fila atendeu todos os 75 pacientes de cardiologia que estavam marcados para essa terça-feira. O esforço semanal da equipe médica continua nestas quarta e quinta e seguirá nas outras semanas. A expectativa é que a Policlínica Vicente Mendes, na Cohab, e o postão Doutor Manuel Gomes também passem a atender o público em esquema de mutirão.

Nesta terça, o público do Jamaci de Medeiros foi atendido por cardiologistas e neurologistas. Amanhã será a vez dos especialistas em neurologia atenderem a população e na quinta, consultas de cardiologia novamente. O Cabo tem hoje uma fila de cerca de 4 mil pessoas esperando por uma consulta médica.

“Pra mim é um prazer poder ajudar a população do Cabo, a gente sabe que a especialidade de cardiologia tem uma demanda muito grande. A doença cardiovascular é muito prevalente. Poder ajudar a diminuir essa fila de espera é fundamental”, ressaltou o médico cardiologista, Daniel Cavalcante.

A dona Luiza Isabel de Oliveira, 68 anos, ficou satisfeita com o atendimento. “Estou muito feliz por ser atendida pelo médico especialista em cardiologia. Hoje pude perceber a diferença na volta dessa ação, já fui atendida, fiz aqui mesmo na policlínica o exame e já vou mostrar o resultado para o médico. Antes a gente marcava e não era atendida”, comentou.

Além dos novos equipamentos e do esforço para zerar a fila das consultas, os hospitais e unidades do município passaram a atender a população através da classificação de risco. Dessa forma, os pacientes que chegam são atendidos por uma enfermeira que vai classificar por ordem de gravidade o tipo de atendimento.

A separação é feita por pulseiras, com a vermelha tendo o principal atendimento, sendo considerado de emergência, seguido pelas cores laranja, amarelo e verde. Quem recebe a cor azul é encaminhado à Atenção Básica à Saúde, já que não se trata de um cuidado hospitalar.
VACINAÇÃO

No Cabo não é necessário realizar agendamento para a pessoa ser imunizada contra a covid-19. Basta se dirigir ao posto de vacinação munido de documento pessoal com foto, comprovante de residência e cartão do SUS.

Nesta quarta (25) ficam abertos, de 8h às 13h, os pontos de vacinação localizados em Ponte dos Carvalhos (Escola Manoel Davi), Pontezinha (Escola Eronides Soares), Charneca (Escola Padre Antônio de Melo), Gaibu (Escola Professora Maria Thamar) e no Centro de Vacinação Covid-19 da Praça Nove de Julho.

No Cabo já foram aplicadas 40.491 doses de vacinas contra a covid-19. Os dados constam no Informe Epidemiológico do município do dia 23 de agosto. Do total de doses aplicadas, 109.195 são de primeira administração, 30.199 de reforço e 1.097 de doses únicas.

Por SECOM

Foto: Léo Domingos







Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
CNPJ: 11.294.402/0001-62
Endereço: Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha
Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, Brasil
Telefone: +55 (81) 3521.6645
 

© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho