Instagram Facebook Twitter Youtube e-SIC: Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão



Educação promove diálogo sobre saúde mental na infância e na adolescência
access_time 01/07/2022


A Prefeitura do Cabo de Santo, por meio da Secretaria de Educação, promoveu na tarde da última quarta-feira (29), formação de gestores, sobre saúde mental na infância e adolescência. Participaram do diálogo, o psicólogo do ambulatório municipal de saúde mental, Vandeilton França, a assistente social e coordenadora do Caps Infanto-juvenil - Ciranda de Vida, Paula Lopes, a psicóloga do Caps Infantil, Lianny Melo, a coordenadora do CREAS, Alani Lira, e o coordenador do Primeira Infância do SUAS, Ricardo Veríssimo.

A iniciativa aconteceu, em parceria com as secretarias de Saúde e Programas Sociais, visando capacitar os dirigentes escolares e toda a equipe pedagógica sobre como atuar e acolher os estudantes da rede municipal de ensino que estejam vivenciando momentos difíceis.

“A Secretaria de Educação vem acompanhando o desempenho e o comportamento dos nossos estudantes e, após o período mais crítico que vivenciamos na pandemia de Covid-19, notamos que grande parte das nossas crianças e adolescentes vêm sofrendo de ansiedade, dentre outras doenças psicológicas. Estamos preocupados com a saúde dos nossos jovens e não podemos ficar de braços cruzados, precisamos cuidar da saúde dos nossos estudantes. É com esse objetivo que a Secretaria de Educação está trabalhando em parceria com as Secretarias de Saúde e Programas Sociais para capacitar os nossos gestores na identificação, atuação e acolhimento dos nossos jovens, de maneira mais humanizada,” afirmou o Secretário de Educação, Betinho Gomes.

“Decidimos fazer essa formação com os dirigentes escolares e escolhemos falar sobre o tema de saúde mental na infância e na adolescência, tendo em vista que temos uma demanda latente. Muitos casos nas unidades escolares, principalmente nossos adolescentes, estão passando por algum tipo de adoecimento psicológico. Pensando nisso, é necessário construir um diálogo intersetorial e, assim, convidamos a equipe de saúde mental da Secretaria de Saúde e do CRAS e CREAS, também da Secretaria de Programas Sociais, para que possamos manejar sobre o acolhimento, a escuta, trazer um olhar mais humanizado e diferenciado aos nossos estudantes, principalmente neste atual cenário que vivemos,” pontuou a gerente de humanização da Secretaria de Educação, Débora Paes.

Vale ressaltar que esta ação faz parte do Programa Amparar, criado pela equipe da Secretaria de Educação com objetivo na promoção da saúde, bem-estar e qualidade de vida, sob uma ótica humanizada.

Por Tayná Benigno

Foto: Jakson Costa








© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha | Atendimento: +55 (81) 3521.6645
Ouvidoria: 0800.020.5544 ou (81) 3524.5544
CNPJ: 11.294.402/0001-62