Instagram Facebook Twitter Youtube e-SIC: Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão



Prefeitura do Cabo prepara egressos do sistema prisional para o mercado de trabalho
access_time 31/05/2021


A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, através da Secretaria Municipal de Programas Sociais, realizou nesta segunda-feira (31) uma capacitação para os 50 egressos que trabalham no município através do Projeto de Ressocialização. A formação aconteceu no auditório da Escola Prefeito Eronides Francisco Soares, em Pontezinha.

O palestrante foi o juiz Flávio Fontes, que foi fundador da vara de Execução de Penas Alternativas da Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele falou sobre algumas leis e fez uma palestra motivacional com exemplos de superação e incentivo para se qualificarem. “A Prefeitura do Cabo está de parabéns por desenvolver esse tipo de formação de motivação e contato com pessoas, promovendo a igualdade e inclusão. Eles precisam saber que podem lutar para mudar os rumos de suas vidas, sem pensar na discriminação. Isso é um exemplo para todo o Estado de Pernambuco”.

O processo de qualificação dos egressos faz parte do novo formato do Projeto de Ressocialização do município, em parceria com o Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho), que prevê capacitações a cada dois meses para formar os reeducandos e prepará-los para o mercado de trabalho, ajudando no processo de reinserção na sociedade.

“A formação profissional deve ser uma constante para nossos trabalhadores que estão atuando nos mais diversos serviços da gestão municipal. Os reeducandos estão tendo a oportunidade de desenvolver potencialidades para que iniciem novos projetos de vida através da oportunidade de inserção no mundo do trabalho”, explicou a secretária municipal de Programas Sociais, Andréa Galdino.

No evento, os egressos receberam um kit do Programa Acessuas Trabalho e irão receber um certificado de participação. De acordo com a coordenadora do Projeto de Ressocialização e assistente social da Gerência de Direitos Humanos, Vivian Souza, os reeducandos estão divididos em turmas para receberem capacitação nas áreas de serviços gerais, capinação e pintura.

Além disso, eles vão participar de oficinas para produzir currículos, apresentação em entrevistas de emprego e de cursos no Senai e Senac através do Acessuas Trabalho. “Queremos que, ao final da pena desse público, eles tenham de fato a condição de participar de processos de seleção. O Acessuas Trabalho já está sensibilizando empresas parceiras para inserir nos processos seletivos esses indivíduos. Essa é uma nova proposta para ajudar no projeto de ressocialização desses nossos munícipes”.

O Projeto de Ressocialização é um convênio com a Secretaria de Justiça do Estado e foi renovado em fevereiro por mais dois anos, com vigência até o mesmo mês de 2023. O Patronato encaminha os reeducandos à Gerência de Direitos Humanos, que faz a análise dos perfis e a contratação.

Por Jessica Mezzomo

Foto: Sillas Gabriel








© Todos os direitos reservados para a Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho
Rua Manoel Queirós da Silva, 145, Torrinha | Atendimento: +55 (81) 3521.6645
Ouvidoria: 0800.020.5544 ou (81) 3524.5544
CNPJ: 11.294.402/0001-62